ZONA RGS,POSTS!!!

segunda-feira, 30 de novembro de 2009




Quantidade de jogos:

(máximo de 1000 jogos)



Quantidade de números por jogo:


(mínimo de 6 e máximo de 15)



Intervalo de números:

(mínimo de 6 números de 1 a 60)

a

Estimativa para o próximo prêmio:



Número de jogadores do bolão:











quarta-feira, 26 de agosto de 2009

Barack Obama ruim para a América Latina e uma enganação para os EUA

http://academicosonline.files.wordpress.com/2009/03/capa380.jpg

Agora o ZONA RGS tem uma "Sessão Política", hoje vamos abordar o início de governo de Barack Obama.Eleito com festa pelos hispânicos nos EUA e pelo povo totalmente influenciado pela mídia no Brasil.
Nosso povo comemorou e elegeu por duas vezes um analfabeto como presidente, só por isso é certo dizer que o brasileiro não sabe votar.

"Obama se mostra um líder fraco com atitudes socialistas ao extremo."

Mas o pior foi a nossa população acompanhar as eleições americanas ano passado e ainda torcer por um candidato que tenho certeza o povo brasileiro pouco conhece, apenas por ele fazer parte de uma minoria racial (no nosso país uma maioria racial).

No ano passado se alguém dizia que era favor de McCain, todos logo pensavam em você ser racista por não querer Obama.Tal forma como o povo brasileiro pensa é lastimável, quem preferiu McCain é um cidadão não influenciado pela mídia ou que pelo menos é original e sabe algo sobre política, mais do que uma euforia generalizada por causa da cor da pele do presidente.

Apenas uma minoria que queria a vitória de Obama no Brasil que conhecia algo sobre política, isso fica claro por que ter um presidente norte-americano democrata sempre prejudicou muito o nosso país.Eles são populistas na América, por isso são extremamente protecionistas.

Faz sentido um americano querer um presidente protecionista em um momento de crise em seu país, mas por que um brasileiro iria querer um líder na América que impedisse a entrada de produtos nacionais?

Reposta simples
, por que para o povo brasileiro ele iria "abraçar o mundo" e salvar todos porque é negro (“brasileiro, povo ingênuo e sonhador”).

Agora que o mundo está conseguindo sair da crise por esforço próprio é possível ver como o Brasil está sendo prejudicado com as decisões de Obama, um exemplo é o aço brasileiro que desde o segundo bimestre desse ano não tem conseguido entrar nos EUA.

O nosso aço como produtos de todas as partes do mundo, sofrem com as taxas exageradas do governo atual, esse tipo de atitude de "proteger" o mercado interno americano é um erro fatal. Prejudica as relações com organizações pelo mundo e ainda prejudica o capitalismo, que é vitorioso no mundo e defende a comercialização do melhor produto.
Obama se mostra um líder fraco com atitudes socialistas ao extremo.

Proteger o mercado vai apenas fazer com que os "yanques" não se preocupem em aumentar a qualidade de suas máquinas já que não precisam competir com o resto do mundo e no momento que o mercado abrir novamente, será fatal.


O papel de Obama não é ajudar a América Latina, porém está prejudicando nossa nação e criando uma ilusão que vai acabar com o novo mundo imaginário que os EUA estão criando com seus produtos. Apenas sofrerão quando o produto ficar muito caro e toda a população importar na nova abertura financeira forçada que acontecerá e com isso quebrar seus próprios pontos de trabalho.

http://2.bp.blogspot.com/_1R1QNDnrn60/SieOgmeaG1I/AAAAAAAABVI/VpC03Meu5VQ/s320/obama-marx.jpg

segunda-feira, 23 de fevereiro de 2009

Marmota ganha mais um selo!!!



Parabéns ao grande e famoso http://www.rockdepaixao.blogspot.com/ ,ele nos indicou a mais um selo!!!Muito obrigado pelo prêmio,nós agradecemos e sempre vamos lhe endicar!!!!

"Marley & Eu"- Uma dramática comédia romantica


Um filme que conseguiu ser mais do que uma adaptação de um bom livro!


O bom diretor é aquele que cria boas histórias,mas um grande diretor é aquele que transforma coisas pequenas em coisas grandes.


Uma história de uma então família de classe média americana com seus altos e baixos, problemas financeiros e estabilidade, e essa família decidi ter um cão antes de um filho.Essa é a resenha da história,mas o que faz essa história ser tão incrível?


Simples, o lado humano das pessoas .Um cachorro pode ser apenas um cachorro,mas se dermos amor e carinho ele será parte de nossa família e é exatamente isso que o filme trata.É exatamente esse acolhimento que acontece.


Não importa se temos um cachorro ou outro animal,o que ele representa para nós que é importante,isso que é especial.


Em suas duas horas e meia de duração o autor do livro mostrou de uma forma tão "real" o que acontece quando abrimos nossos corações para o que realmente nos é importante.


A mensagem do filme é tão especial que não precisa de efeitos especiais para torná-lo um sucesso de bilheteria.


"Se somos especiais e importantes para alguém(até um cachorro)já nos faz especiais e importantes,pois somos seres que só precisamos da retribuição amorosa." - Mensagem entendida por mim bem parecida com as do John F. Kennedy.


Jennifer Aniston e Owen Wilson foram o casal Grogan,conseguiram trazer de letras de um livro mais que apenas boas atuações.


Eles foram no filme uma família que superou dificuldades,criaram um romance comédia e deram amor a seu cão,o mesmo amor que deram a seus filhos.


O filme consegue ter pontos dramáticos, principalmente em sua última parte,e é claro que recomendo para todos.


"Marley & Eu" mostra que a vida muda,mas nós só sentimos ela mudar quando algo que realmente nos importa não está mais conosco.


Nota:7.8

quinta-feira, 19 de fevereiro de 2009

20 anos de Simpsons

http://hotvnewsimages.files.wordpress.com/2007/09/simpsons-star-wars-2.jpg


Em 1989 poucos podiam saber que Simpsons iria fazer tanto sucesso,naquela época "Barrados no Baile" e "Dallas" comandavam a audiência nos EUA e no resto do mundo.Os Simpsons em 1989 estavam tendo seu primeiro episódio que demorou 2 anos para ser elaborado.Foi em 1987 que Matt e James L. tiveram a idéia de criar "Os Simpsons"

Quando vemos um seriado tão bom que consegue Gramys e até uma estrela na calçada da fama já precisamos ver quais pessoas estão por trás disso tudo.


O diretor e criador de Simpsons é nada menos que Matt Groening,o gênio da comédia americana ,que recentemente criou Futurama também é hoje um dos principais homens que seguram a Fox.Junto com Matt também temos Jame L.,o homem por trás das histórias do seriado.

Simpsons conseguiu atrair pessoas do mundo inteiro pois é um desenho que acaba com barreiras,suas piadas todos entendem e não são simples e nem "bobas" com a maioria dos sitcons.Simpsons não esconde nada,é um desenho que faz exatamente tudo para parecer uma sátira de uma parte da classe média americana que não quer trabalhar e está pouco se querendo saber do resto do mundo.

Um desenho que não mede palavras e nos faz querer viver em um mundo aonde as pessoas falam o que pensam.Em "Springfield" é normal uma pessoa humilhar a outra com exatamente a sua opinião,isso é na verdade o que todos nós queremos mas não temos coragem de fazer(sermos mais honestos).O seriado não tem drama e quase não tem ação;isso faz ele ser diferente...Consegue fazer comédia inteligente por mais de 20 minutos em seus mais de 400 episódios sem ter um enredo,uma história que deva seguir(é muito raro um episódio dos Simpsons ter uma ligação com outro).


Simpsons é o programa de maior audiência de uma das emissoras de maior destaque no mundo,FOX,já gerou um filme do seriado no ano de 2007 que foi por 4 meses o primeiro nas bilheterias americanas e brasileiras(filme teve estréia no mesmo mês de Homem-aranha 3).


Um dia Simpsons pode acabar mas o seu jeito honesto e fácil de se levar a vida sempre estará em nossas mentes.


Em homenagem aos 20 anos de criação dos Simpsons o ZONA RGS está disponibilizando um dos episódios mais raros e de maior audiência do seriado.

O episódio "O prêmio de natal" que por sinal conta muito da história do maior programa de comédia da televisão pois é o PRIMEIRO episódio dos Simpsons.





Matéria:Uma febre dos anos 90:Pokémon


Em minha primeira matéria no Zona RGS é sobre um animê muito famoso que desde os anos 90 tem tido sucesso ,com novos episódios até hoje,porém foram os anos 90 que esse anime foi uma febre.

Vídeo Games ,Game Boys,filmes,brinquedos,cards e tudo que se imagina eram de Pokémon , Cartoon Network com sua primeira experiência de animês novos(claro não contando o clássico Speed Racer) teve um retorno incrível.Ash , Pikachu e muitos outros personagens desse animê abriram portas literalmente para a produção japonesa no Cartoon e na maioria dos canais de TV fechada.

Na Record o programa da Eliana ,nas manhãs, fez reviver o fogo dentro do coração de crianças,adolescentes e porque não até adultos adultos,o programa foi a porta de Pokémon para a TV aberta.Causou uma euforia generalizada na Record principalmente por Otakus que desde Cavaleiros dos Zodíacos não sentiam ser tão forte a paixão por produções japonesas no Brasil.

A primeira temporada de Pokémon foi um grande sucesso sendo assistida no Brasil em 1998 para 1999 ,gerando até filmes no cinema,o 1º deles foi: “Pokémon, o Filme: Mewtwo Contra-Ataca”(1998),ganhou muitos prêmios sendo recorde de bilheteria no Brasil e no mundo,chegou por uma semana o filme se equivaler em bilheteria(no Brasil) com Titanic ,sendo ambos estréias de 1998.

A série foi inclusive o grande trunfo do Cartoon em vários dos anos,no ano novo era filme de Pokémon e na “volta as aulas” era episódios novos da Liga Laranja e Johto.

Todos sabem da história de Pokémon,sabem como é o desenho...Até hoje em suas muitas temporadas sobrevive o animê mas não a sua febre.

Dos 150 pokémons e do grupo Ash, Misty e Brock foram se abrangendo de 150 para agora poucos saberem quantas criaturas do “mundo” Pokémon existem de tantas que são,e do grupo agora Ash tem muitos mais companheiros em suas jornadas.

A repetição da história, prejudicou muito.Novos episódios tem em quantidade ,porém a cronologia é sempre a mesma.A história pouco se diversifica ao longo do tempo.

Pela opinião de vários ex:seguidores do animê o desenho caiu na repetição,porém há um grupo de fãns fanáticos que ainda é muito grande e que mantém vivo este animê que fez parte da infância de milhões de pessoas Brasil à fora.

1º episódio de Pokémon todo só para ver sem precisar baixar:

(Seriados que nos deixam saudades)The O.C

~
http://leitedevaca.com/wp-content/uploads/2008/11/theoc.jpg
Todos já viram ou pelo menos ouviram falar de The O.C , foi o seriado teen de maior sucesso por muito tempo,desbancava One Tree Hill em audiência.

Com seus dramas e personagens engraçados foi um seriado que marcou época.Quem não se lembra do irônico Seth Cohen,o correto e também irônico Sandy Cohen,o mau humorado ao estilo Stallone Ryan,a criadora de problemas e linda Marissa,a irresistível Summer e tantos outros personagens que fizeram o seriado.

http://justjared.buzznet.com/images/2006/05/the-oc-season-finale00.jpg

Os dias que viamos Ryan entrando na vida de Newport e enfrentando problemas do passado,Seth conquistando e perdendo o amor de Summer e o seu gosto por quadrinhos,os namorados e namorada que Marissa teve.

The O.C teve mulheres lindas que poucos seriados tem;Marissa,Julie,Kaitlin,Summer...

Sempre temos saudades de The O.C,todos se surpreenderam com os relacionamentos de Julie que ao longo do seriado namorou ou teve caso com 13 homens e inclusive fez um filme pornô.

O seriado foi cancelado na sua quarta temporada pela morte de Marissa e a fraca personagem que a substituiu(Taylor).

A fraca audiência da quarta temporada prejudicou muito o seriado,apesar disso o último episódio foi emocionante com todas as músicas do seriado,lembranças emotivas vindas de Ryan e uma lição de oportunidade que damos para uma pessoa quando a adotamos(oportunidade de ser amada e de ter um futuro).

Mas sempre lembraremos de The O.C,seja pela linda música de abertura,pelos seus personagens emotivos e engraçados ou mesmo pela linda Newport.

Bem é isso,e até o próximo "Natanuká"!

quarta-feira, 18 de fevereiro de 2009

(Especial Superman) - Hoje a continuação da Era Ouro

Como combinado estou postando todo dia uma parte da história do Superman,tudo retirado da enciclopédia original comprada por mim e redigida aqui no blog.
  • Aproveitem a continuação da Era de Ouro!
Superman #1


Em
1939 estreava Superman#01 que trouxe em suas páginas uma nova introdução com maiores detalhes de
sua origem que foram originalmente cortados da versão apresentada em Action Comics #01. Eram apresentados os pais adotivos do herói, que o encontraram e o levaram para o orfanato voltando dias depois para adotá-lo. Clark aprende ainda em sua infância que seus dons deveriam ser mantidos em segredo até a hora em que eles seriam úteis para ajudar a humanidade, o que ocorre logo após a morte de seus pais adotivos, quando ele então passa a adotar a identidade de Superman. Clark vai para Metrópolis e consegue um emprego no jornal The Daily Star (Estrela Diária).


Ainda em 1939, em histórias posteriores, incluindo tiras de jornal, novas páginas cortadas foram publicadas. Siegel e Shuster apresentavam aos leitores o planeta Krypton e os verdadeiros pais do herói, um cientista chamado Jor-L e sua esposa, Lora. Era revelado também o nome kryptoniano do pequeno Superman, Kal-L. Krypton era descrito como um mundo avançado, povoado por seres que haviam atingido a perfeição física e mental, uma raça de super-homens. Jor-L, pesquisando os freqüentes tremores que ocorriam no planeta, descobre que uma instabilidade interna causaria a destruição de Krypton. Ele então avisa os membros do Conselho, que não acreditam em suas teorias condenando toda a população do planeta. Jor-L tenta construir uma nave para que ele e sua família escapem, mas o planeta começa a se destruir antes que ele consiga terminar, e apenas uma pequena nave é concluída. Eles então decidem enviar o pequeno Kal-L em segurança para a Terra.


Em 1940, o nome do jornal onde Clark Kent trabalha muda para Daily Planet (Planeta Diário) e surge Perry White, seu editor. Seus primeiros inimigos na época foram o Ultra-Humanóide (que se consagraria como vilão da Sociedade da Justiça posteriormente) e Luthor, um cientista maligno que na verdade era uma versão melhorada do Ultra-Humanoide. Em sua primeira aparição, Luthor possuía cabelos ruivos, e somente passou a ser calvo em sua segunda aparição em 1941. O Superman passou a enfrentar os nazistas durante a Segunda Guerra Mundial e foi usado diversas vezes como propaganda pelo governo americano durante o conflito. Um fato curioso é que em 1941, Siegel e Shuster tinham planos de evoluir a história do Superman e seu relacionamento com Lois. Na história nunca publicada "The K Metal from Krypton", Superman aparece tendo total conhecimento de sua origem kryptoniana e revelando seu segredo para Lois. A história também mostra um protótipo do que seria a kryptonita, um elemento vindo de Krypton que significava a morte do Superman.


A National na época vetou a história, considerando que as mudanças seriam muito drásticas e mudariam alguns pontos que eram fundamentais para o sucesso do personagem. Assim, a história foi engavetada e a primeira aparição oficial da kryptonita passou a ser em 1943, no seriado radiofônico e em 1949 nos quadrinhos. Além claro, do Superman jamais poder revelar seu segredo para Lois.


O romance de George Lawther publicado em 1942 contribuiu para enriquecer ainda mais a origem do personagem. A história é mais conhecida por ter batizado os pais adotivos do herói como Eben e Sarah Kent (essa versão seria considerada no seriado televisivo estrelado por George Reeves nos anos 50). Nesse romance, os nomes dos pais do herói mudam para Jor-El e Lara, nomes que seriam posteriormente adotados nos quadrinhos também.


Por hoje é só e até amanhã com a história da criação do "Super boy" e envolvimento dele nas origens do Superman.

(Especial)Toda a história do Superman

Começa hoje um especial de postagens contando todo dia um pouco da história do Superman,todos os dias os visitantes do nosso blog terão nossas postagens diárias sobre cinema,HQ,séries e também uma parte da história do homem de aço.
  • Arquivo redigido da enciclopédia Superman comprada por mim(250,00)

Superman-Eternamente -"origens"

Em 1938, estreava nas páginas de Action Comics#01 o personagem que daria inicio na chamada "Era de Ouro" dos quadrinhos. Esse personagem lançaria um conceito que não só mudaria a cara das HQs, como também passaria a fazer parte da cultura pop mundial. Nem mesmo seus criadores, Jerry Siegel e Joe Shuster, tinham muita certeza de seu sucesso, tanto que venderam os direitos de publicação a National Periodicals (atual DC Comics) após quatro anos de tentativas frustradas de publicar o personagem.

Hoje, quase 70 anos depois, o Superman já sofreu diversas interpretações diferentes em praticamente todas as mídias. Estrelou desenhos animados, seriados de TV, filmes, livros e até mesmo um seriado radiofônico, além de diversas publicações mensais pela DC Comics. Em meio a tudo isso, diversas versões foram apresentadas, diversas revisões e alterações em sua abordagem e origem foram feitas, e até mesmo versões alternativas vivendo em Terras Paralelas foram criadas, tornando a trajetória do herói uma das mais ricas e fascinantes de todos os tempos.

A Era De Ouro (1938-1948)

Action Comics #1

O personagem possuía uma versão bastante simples de sua origem em sua primeira aparição. Action Comics# 01 contava o básico em apenas uma página: um planeta explode, um foguete contendo um bebê parte do planeta morto e cai na Terra, o bebê vai parar num orfanato onde descobriria posteriormente que possuía capacidades além de qualquer ser humano. O pequeno Clark Kent atinge a maturidade e se revela para o mundo assumindo a identidade de Superman. Kent se torna repórter e aparece ao lado de seu editor, George Taylor e da repórter Lois Lane.

Em seus primeiros anos de vida o Homem de Aço apresentava personalidade e atitude bem diferentes das atuais.

Ele era um vigilante misterioso, pouco se sabia sobre ele, era mais violento (chegando a matar em algumas histórias posteriores na época), e seus poderes eram bastante reduzidos, sendo capaz de saltar grandes distâncias e dotado de superforça e invulnerabilidade.

Clark Kent possuía todas as características opostas ao seu alter-ego super-herói. Era tímido, covarde e sentia um amor nunca correspondido por sua colega de trabalho, Lois Lane, que por sinal, ficou fascinada pelo Superman desde a primeira vez que o viu.




  • Isso ai até amanhã com a continuação da Era de Ouro!

eXTReMe Tracker